top of page
bg-home2_edited.jpg

Hiperlactação: um problema com múltiplos fatores!

Hiperlactação é uma condição que se refere à produção excessiva de leite materno e é influenciada por uma série de fatores.


Para entender melhor este fenômeno é importante conhecer os fatores que regulam o equilíbrio da produção de leite:


🌸 Quantidade de tecido glandular no seio;

🌸 Distensão alveolar no seio;

🌸 Grau e frequência de esvaziamento da mama;

🌸 Complexas vias neuroendócrinas.



A hiperlactação não se trata simplesmente de um excesso de produção de leite


O excedente pode trazer consequências e, é muito comum, vir acompanhada de complicações como dores durante a amamentação, ductos mamários obstruídos de repetição e até mesmo mastites recorrente e fenômeno de Raynaud...


Além dos sinais e sintomas na mãe, o bebê também pode ser prejudicado com várias manifestações, desde dificuldade de realizar e manter uma pega profunda até sintomas gastrointestinais.


Vale ressaltar que diante dessa condição, a dupla mãe-bebê apresenta um risco maior de desmame precoce ou de ter de optar pela ordenha exclusiva.


Se você suspeita que possa estar enfrentando essa situação, é crucial buscar orientação especializada.


👉Lembre-se: nem sempre o excesso é bom!

97 visualizações0 comentário

留言


bottom of page