Depressão pós-parto

Como a amamentação pode prevenir?

Infelizmente, estatísticas indicam que até 20% das mulheres são afetadas por doenças mentais durante a gravidez, ou mesmo até 12 meses após o parto.


A boa notícia é que há evidências que apontam que a amamentação pode ter um efeito preventivo no desenvolvimento desses transtornos mentais.



Dentre outros fatores, isso acontece porque a ocitocina, conhecida como "o hormônio do amor" é responsável por estimular a ejeção do leite pela mãe, também provoca sensação de bem-estar e relaxamento.


Essa carga hormonal ajuda a mulher a se sentir mais feliz e também auxilia na recuperação do baby blues.


No entanto, muitas mães ainda são orientadas de forma errônea a parar de amamentar para tomar medicação antidepressiva, mas as evidências mostram que isso é desnecessário.


Inclusive, pode ser muito pior para o quadro, tendo em vista o impacto que a interrupção da amamentação pode ter na saúde mental dessa mãe!


É preciso lembrar também que a ocorrência de dificuldade física durante a amamentação tem sido associada a um maior risco de desenvolver sintomas depressivos no período pós-natal.


Portanto, é crucial fornecer às mães apoio adequado à amamentação precoce, incluindo apoio emocional.


É importante que a mãe se sinta amparada e tenha ajuda em casa e com o bebê, além de recorrer a profissionais de confiança para buscar ajuda, se precisar!


E você, conhece alguma mãe que tenha passado por isso?



26 visualizações0 comentário