top of page

Como identificar um pediatra "picareta" e pró-fórmula?

Eles desestimulam a amamentação por qualquer motivo e ignoram as recomendações da OMS sobre o aleitamento materno. Saiba como identificá-los!


Pois é, infelizmente tem vários profissionais assim dando sopa no mercado. Normalmente, eles desestimulam a amamentação por qualquer motivo, ignoram as recomendações da OMS sobre o aleitamento materno até 2 anos ou mais e de forma exclusiva nos primeiros 6 meses, além de estimularem o uso de fórmulas lácteas sem período limitado e de forma totalmente desnecessária.


Mas Virginia, como identificar esse tipo de profissional?


✅Tem propaganda, panfletos ou qualquer outra coisa sobre as “maravilhas” de composto lácteo e fórmulas em seu consultório;


✅Não avaliam a produção de leite da mãe, a boquinha do bebê (em forma e função) e a mamada do bebê na consulta ou não encaminham para a avaliação de uma consultora de amamentação;


✅Não falam sobre a importância da livre demanda;


✅Falam sobre treinamentos de sono;


✅Têm brinde com marca de produtos da indústria da fórmula;


✅Vivem sendo visitados por representantes e são cheios de “amostras grátis”;


✅Relativizam o uso de bicos artificiais;


✅Dão informações desatualizadas sobre amamentação como mamar apenas em um peito por mamada para chegar ao leite gordo.


A fórmula quando bem indicada pode proteger a amamentação


Ressalto aqui que não estou demonizando o pediatra que recomenda o uso de fórmula QUANDO HÁ NECESSIDADE DISSO.


Segundo as recomendações da OMS, a suplementação é indicada com base em:


  1. Condições da criança, por exemplo, galactosemia clássica, nascidos com menos de 1.500g, nascidos com menos de 32 semanas de idade gestacional e risco de hipoglicemia;

  2. Ou com base em condições maternas, tais como: infecção por HIV, doença grave (sepse), vírus do herpes simples tipo 1 com lesões em mamas, medicações como iodo, quimioterapia, na mama com abscesso e uso de drogas ilícitas.

Vale lembrar que mesmo em algumas dessas condições, o uso de fórmula deve ser supervisionado e o aleitamento materno estimulado sempre que possível.


Se o seu desejo é amamentar, cerque-se de profissionais pró-amamentação.

Comments


bottom of page