top of page

Língua presa e apneia do Sono Infantil: você conhece a conexão entre eles?

Você já ouviu falar sobre a relação entre anquiloglossia, também conhecida como "língua presa", e a apneia do sono infantil? Além dos desafios já conhecidos dessa condição para a amamentação, essa conexão pode ter implicações significativas a longo prazo na vida da criança.


A anquiloglossia pode apresentar dificuldades na amamentação, como pegas rasas e sucção descoordenada. Porém, o que muitos não sabem é que essa condição também está associada a problemas respiratórios noturnos, como a apneia do sono.

A importância da Identificação


Crianças com língua presa frequentemente respiram pela boca e roncam durante o sono. Esses são sinais clássicos de obstrução das vias respiratórias, que são características comuns em casos de apneia do sono.


Durante o repouso noturno, a língua, já limitada devido ao freio lingual curto, pode retrair-se para trás, restringindo ainda mais o espaço para o fluxo de ar. Isso pode levar a episódios em que a criança para de respirar brevemente, caracterizando a apneia.


Consequências da língua presa e apneia do sono


Os efeitos da apneia do sono na infância não devem ser subestimados. Essa condição pode resultar em despertares frequentes durante a noite, sonolência excessiva durante o dia, dificuldades de concentração e alterações comportamentais.


É crucial que profissionais da saúde e pais estejam atentos a esses sinais. A avaliação precoce e a intervenção adequada podem prevenir complicações a longo prazo, assegurando um desenvolvimento saudável para a criança.


A conexão entre anquiloglossia e apneia do sono destaca a importância de um olhar holístico sobre a saúde infantil. Fiquem atentos, pais e profissionais, para garantir o bem-estar e o futuro saudável de nossos pequenos.

198 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page